Tô de Cacho Salon Line: shampoo e condicionador

     Preparem-se para esta resenha inédita no blog: falarei de shampoo e condicionador!!! Sempre falo de máscaras capilares, cremes de pentear e finalizadores porque são os itens que mais gosto de variar o uso. Outra particularidade: milagrosamente comprei o “duo” shampoo e condicionador da mesma linha. Quase nunca faço isso.

     Enfim, vamos ao que interessa. Hoje falarei sobre minha experiência com o shampoo e o condicionador da linha Tô de Cachos, da Salon Line. Estou experimentando já há 3 meses mais ou menos e quero contar tudo!!! Paguei R$ 10 reais e alguns centavos por cada um. Achei um preço justo, mas me surpreendi porque lançamentos costumam ser mais caros. Gostei!

tô de cacho salon line shampoo e condicionador

UM POUCO SOBRE A COMPOSIÇÃO

Shampoo A foto não ficou uma maravilha, mas espero que consigam ler direitinho.
Shampoo
A foto não ficou uma maravilha, mas espero que consigam ler direitinho. Até com cabelo saiu. kkkkk. I’m sorry
tô de cacho salon line condicionador composição
Condicionador

     A linha Tô de Cachos é uma proposta da Salon Line para atender as onduladas e cacheadas, mas principalmente traz um alívio para quem faz as técnicas do Low Poo: ambos são liberados e o condicionador é liberado para No Poo também, já que não constatei a presença de silicones. Podendo, inclusive, ser usado como co wash, mas não experimentei o condicionador desta forma.

     O shampoo é livre de sulfatos e contém cocamidopropyl betaine, o que garante uma limpeza suave. Mas não se preocupem porque ele desempenha muito bem sua função. Ainda possui polyquartenium-7 – que no shampoo estabiliza a espuma, é antiestático e responsável por um desembarace maior dos cabelos – e óleos de coco e oliva. Os conservantes do produto não me agradam, methylchloroisothiazolinone and methylisothiazolinone, mas não apresentei alergia mesmo sendo um produto que entra em contato com o couro cabeludo.

     Já o condicionador, promete ser um “desmaia cachos”. Para isso, a empresa adicionou em sua composição o dpantenol, óleos de coco, oliva e de palma. O que me incomodou foi a presença do dimethylamine que, segundo minhas pesquisas, também podeprovocar reações alérgicas e tem restrições de uso em cosméticos canadenses. Bom ressaltar que não senti nada com o condicionador também. Usei-o normalmente.

[xyz-ihs snippet=”AdSense”]

O QUE ACHEI DO DUO

     Começarei falando do shampoo para respeitar a ordem de uso. Mesmo com óleos na composição e outros agentes emolientes, achei que não é um produto “hidratante”. A Salon Line promete na embalagem que não teremos ressecamento. Não foi o resultado entregue no meu cabelo. Talvez por ser transparente… mas esperava que meus fios não embolassem tanto. Depois que comecei no Low Poo, percebi que era possível pentear os fios após o shampoo e é um dos critérios que uso para gostar de um produto como este. Sigo uma rotina de shampoo, máscara e condicionador. Então, antes de passar a máscara uso pentes de dentes bem largos e depois aplico a máscara. No caso do shampoo da Salon Line, isso foi impossível. Fiquei com a mesma sensação de quando usava sulfato.

Nova Imagem final

     Acredito que pessoas com oleosidade no couro cabeludo ou com o cabelo do tipo 2 (ondulados) ou até um 3A (com cachos mais largos) adorarão o produto. No meu caso, gostei mas evito usá-lo frequentemente. Utilizo como se fosse um shampoo mais forte a cada 15 ou 20 dias. Ah, não posso esquecer que ele espumou bastante, principalmente na segunda aplicação.

(Quem não faz as técnicas do Low Poo também pode experimentar. Neste caso, indico quase lavam o cabelo 3x na semana, usem 2x o shampoo sem sulfato e apenas 1x o shampoo com sulfato para retirar os derivados de petróleo).

     O condicionador, por sua vez, me decepcionou bastante. Promete desmaiar os fios, tem óleos na composição também, mas não desembaraçou nadinha meus cabelos. Passei a usá-lo após retirar as máscaras dos fios, quando preciso apenas de um selador de cutículas.

     Lembrando que é minha opinião e não uma ciência exata.Precisamos enaltecer que a Salon Line tem criado bons produtos para as onduladas e cacheadas/crespas e, principalmente, para as no e lowpoosetes. Espero que a empresa pense em uma reformulação e lance mais produtos. O creme de pentear da linha, por exemplo, é ótimo.

     Espero ter ajudado com minha resenha. Diante das minhas considerações será possível decidirem se vale a pena experimentar o duo ou não.

 

Share

2 comentários em “Tô de Cacho Salon Line: shampoo e condicionador

  • 29/11/2016 em 10:13 pm
    Permalink

    Olá Paula!
    Estou usando este duo da Salon Line a quase um mês, meu cabelo é do tipo 2 ondulado e comprido, eu iniciei a técnica já com esses produtos, apenas esse, não uso nenhum tipo de máscara. Eu sempre tive cabelo oleoso, porém, quando lavava com shampoo “normal” meu cabelo passava dois dias após o dia da lavagem sem sentir a necessidade de lavar novamente, ou seja, não ficava tão oleoso logo. Entretanto, cerca de dois meses atrás fiz uso de uma série de medicamentos antialérgicos que continham corticoides, e percebi após isso que meu cabelo ficou ainda mais oleoso, se lavo em um dia, no outro já está mega oleoso (mais na parte de cima, as pontas não apresentam tanto esta aparência) e isso me incomoda bastante. Enfim, iniciei a técnica e tenho percebido que essa oleosidade continua, e na maioria das lavagens basta secar meu cabelo que ele já aparenta estar oleoso. Então, gostaria de saber se devo procurar outro produto ou se devo fazer algumas lavagens com shampoo com sulfato?
    A sua descrição do produto é perfeita, já havia percebido algumas coisas. Essa monstruosa oleosidade pode ter aumentado devido ao tipo do shampoo, por ele possuir essa consistência?

    • 01/12/2016 em 4:33 pm
      Permalink

      Olá Yanna!!! Você pode estar no período de adaptação da técnica. Quem tem raiz oleosa pode realmente sentir dificuldade e até um aumento na produção de sebo. No seu caso, pode ter sido ainda agravada pelo uso de medicamentos. Aconselho comprar um outro shampoo para fazer o teste se o problema persiste. Os shampoos da Phytoervas (da embalagem “nova”) costumam ser bem bacanas para quem tem raiz oleosa porque são menos nutritivos também, mas é só uma indicação. A consistência não me parece ter relação com o seu problema. Persista no uso do shampoo sem sulfato. Acredito que o sulfato agora só atrapalharia e obviamente te daria a sensação de que apenas ele é capaz de resolver seu problema. Boa sorte. Bjs.

Os comentários estão desativados.

error: Content is protected !!