Cremes de pentear e finalizadores Kah-noa

por GILDSON FIOROTTI

     No post de hoje, contarei minha experiência com os produtos da Kah-noa. Já testei alguns finalizadores e cremes de pentear da marca e contarei tudo. Ah, também é importante dizer que a ordem escolhida não é uma espécie de ranking, mas sim a que fui testando os produtos. São ótimos produtos, principalmente para quem faz as técnicas. TODOS são liberados para No Poo. Vale à pena pegar a pipoca e ler sobre cada um. 

 

 O primeiro que usei foi a Máscara Nutrishake. Sei que ela é uma máscara, porém a própria marca indica também o uso como creme de pentear e foi com essa função que usei todo o produto. Ela é bem hidratante como prometido na embalagem e nutritiva na medida certa. Por ser bem concentrada, a marca recomenda que se use em pouca quantidade.
A embalagem tem 300g e custa em torno de R$ 58 reais – o valor é recompensado pelo bom rendimento. A textura é “molenga”, mas não chega a ser líquida, e possui essa consistência por ser formada praticamente por ativos.
O cheiro lembra uma mistura de coco e malaleuca, que são parte de seus ativos. Confesso que não me agradou, porém ao secar ficava bem suave no cabelo.
Os principais resultados que obtive foram o brilho e a hidratação intensa. Quando acertava na quantidade, além de cachos brilhosos, também conseguia um volume natural muito bonito.

 

Minha segunda experiência foi com o gel Leave-in Mister Gelly. Ele é uma geleia finalizadora estilo relaxante natural. É um produto bem hidratante por ter base de extratos vegetais. Como também é um produto bem concentrado, a marca recomenda que se use pouca quantidade. Tive a mesma impressão, pois se usada em grande quantidade poderá deixar os cachos difíceis de soltar. A textura é bem parecida com um gel de linhaça: bem líquido e fácil de espalhar.
A embalagem vem com 200g, com um valor em torno dos R$ 38 reais. Possui ótimo rendimento e já tenho o meu há mais de um ano, intercalando com outros parecidos e com a mesma funcionalidade.
O cheiro é bem suave e remete aos extratos vegetais que possui, como a camomila e a cavalinha, e permanece mesmo depois dos cabelos estarem secos.
Os principais resultados que percebi foram o brilho e a hidratação. A fixação deixou um pouco a desejar comparado a outros similares no mercado, porém o resultado no dia da lavagem e no day after são de cachos bem ‘gordinhos’, encolhidos e bem definidos.

 

Já o Leave-in Super Light, tem como proposta deixar os cachos leves, brilhosos e bem definidos, além de ter consistência especialmente desenvolvida para facilitar o deslize dos dedos. Possui uma textura bem diferente, sendo consistente e pegajosa, lembrando uma mistura de manjar com tapioca. rsssss
A embalagem com 210g possui valor médio de RS 45 reais.
O cheiro é bem forte e muito gostoso parecendo de um perfume importado. Possui um bom rendimento, já que a indicação de aplicação é de 2 a 4 pumps, recomendando aplicar mais caso sinta necessidade.
Infelizmente de todos os produtos foi o que menos gostei. O cheiro é agradável e ajuda sim a estimular a definição, porém a marca indica que o use em conjunto com o Leave-in Mister Gelly caso queira mais definição. Quando tentei usá-lo puro ou com gel, senti meu cabelo muito áspero e com uma redução drástica do volume. Outro ponto negativo é a consistência do produto. Por ser granulado parecendo uma tapioca. Assim que o recebi, fiquei vários dias tentando remover o produto da embalagem até descobrir que o pump estava entupido. Tive primeiro que resolver o problema para que o produto começasse a sair pela válvula. Mesmo o produto sendo granulado, ele dissolvia ao encostar no cabelo e não tive dificuldade na aplicação.

Nota da editora: A marca reformulou o produto e modificou embalagem, composição, consistência, etc. Talvez não o encontrem mais para ser comercializado. 

 

O quarto a ser testado foi o finalizador suave para cabelos cacheados Jelly Glacê. Diferentemente do Mister Jelly, que é uma geléia/gel, este parece uma goma.
O ativo principal é a goma Xantana, um aditivo natural já que é um polissacarídeo obtido pela fermentação de cereais. A indicação é para ser aplicado em locais que precisem de mais definição ou no cabelo todo com a sugestão de uso em dedollis, fitagem ou afofar os cachos de baixo para cima.
A embalagem vem com 100g e o preço médio de RS 40 reais. Se os outros produtos possuíam um bom rendimento, esse se supera. Apesar de pequeno, pouquíssima quantidade já dá conta do recado (leia-se uma sujada de dedo do produto). Não recomendo que pese a mão na aplicação, pois o efeito realmente é bem forte e concentrado.
O cheiro é docinho e muito agradável – lembra o de algum doce – e fica no cabelo após a secagem.
Comparado aos outros finalizadores que prometem fixação e definição, este é o que mais gostei até hoje. Apenas uma pequena quantidade é mais do que suficiente. Nas vezes em que tentei aplicar mais, meu cabelo ficou áspero ao toque e com um encolhimento muito acima do normal. Caso tenham interesse de investir em finalizadores, este é um que recomendo

 

E por último falarei do Crème Glacê, leave-in delicado para cabelos cacheados. Como o próprio nome diz, este é um creme bem delicado mesmo! Foi o meu queridinho e toda vez que tentava usar outros produtos acabava voltando para ele.
Os principais ativos são os extratos de manga e baunilha. E pasmem: ELE NÃO POSSUI ÓLEOS em sua composição, o que é um ponto super positivo. Atualmente parece ser obrigatório a adição de óleos e manteigas em produtos para cabelos cacheados, sendo que muitos, assim como o meu, pesam com facilidade e preferem ativos mais hidratantes.
A embalagem vem com 300g e possui valor médio de R$ 50 reais. Mas, de todos os produtos testados da marca, foi o que menos rendeu. Acho que pela textura leve acabava, muitas vezes, aplicando mais do que deveria. O lado bom de não ter óleos é que não pesava, mesmo quando errava na mão.
Assim como o Jelly Glacê, o cheiro deste produto é incrível e dá vontade de comer! E é daqueles cheiros que ficam no cabelo até a próxima lavagem.
Na minha experiência com ele, os principais resultados foram o brilho intenso e cachos bem pequenininhos (o que adorava!!!). Ainda por ser leve, me dava um volume incrivel, que senti falta após o produto acabar. Para quem gosta de um cabelo mais leve ou que possui cachos que pesam com facilidade, é uma escolha que recomendo. Confesso que sinto bastante falta dele e já o coloquei na minha lista de novas aquisições.

 

Ufa, falei muito, né? Mas espero que tenham gostado. Adorei dividir minhas experiências com vocês. Até a próxima.

 

Nota da editora: Não sei quanto a vocês, mas o Gildson me deixou mega curiosa para testar esses produtos. 

Share
error: Content is protected !!